Quando Iniciar O Pré-Natal E Quais Exames Devem Ser Feitos Na Gestação

Descubra Quando Iniciar O Pré-Natal E Quais Exames Devem Ser Feitos Na Gestação

Quer saber quando iniciar o pré-natal e o que esperar das consultas e exames? Então confira este artigo!

O pré-natal consiste em uma sequência de consultas e exames durante a gravidez para garantir o desenvolvimento do bebê, assim como a saúde dele e da mãe. Essas medidas têm um papel fundamental para prevenir qualquer doença materna ou fetal, por isso, precisam ser feitas da melhor maneira possível. 

 

Neste artigo você vai ver quando iniciar o pré-natal e quais exames são feitos. Confira!

Quando iniciar o pré-natal

 

O momento ideal para iniciar o pré-natal é assim que a mãe descobre sobre a gravidez, geralmente no primeiro trimestre. O Ministério da Saúde recomenda que sejam feitas pelo menos seis consultas, sendo três no primeiro trimestre, duas no segundo e três no terceiro. 

 

No pré-natal ideal, a futura mãe pode receber orientações de especialistas médicos como nutricionistas, psicólogos, e claro, obstetras, sobre hábitos saudáveis, estilo de vida, exercícios e  cuidados essenciais. 

Além disso, as mudanças emocionais e físicas que podem acontecer também são pautas dessas consultas, como alterações no ritmo intestinal, alterações de humor, maior ocorrência de sono, inchaço e os sinais do parto.

 

Quantas consultas devem ser feitas?

 

A Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia e o Ministério da Saúde orientam que sejam feitas no mínimo seis consultas, sendo uma a cada 30 dias, até o sétimo mês de gestação. Depois do oitavo mês, é indicado que as consultas passem a ser semanais.

 

Em casos de gravidez de risco, pressão alta e diabetes, o médico poderá pedir que as consultas sejam feitas em uma frequência maior, assim como o número de exames. Se a futura mãe apresentar complicações na  gestação ─ por exemplo, pressão alta e diabetes ─ o número de consultas deve ser reorganizado pelo médico responsável. 

Quais exames são feitos durante o pré-natal

 

Agora que você já sabe quando iniciar o pré-natal, saiba que, além da ultrassonografia ─ que deve ser feita pelo menos três vezes durante a gravidez ─ existem outros exames  básicos solicitados pela  equipe médica que a gestante precisa realizar e que serão solicitados. Veja em mais detalhes a seguir:

 

  • Ultrassom morfológico: serve para avaliar alguns parâmetros relacionados ao risco de malformações genéticas;
  • Ultrassom vaginal: exame que confirma a idade gestacional e monitora os batimentos cardíacos do bebê, assim como a formação da placenta;
  • Hemograma completo: feito para analisar a possibilidade de anemia, infecções e realizar a contagem de plaquetas;
  • Tipagem sanguínea: exame feito para saber o tipo de sangue do bebê e, assim, identificar se ele é compatível com o da mãe, caso não, será necessário aplicar a vacina Anti-Rh no 7º mês e após o parto;
  • Exame de urina e urocultura: feitos para verificar a possível perda de proteínas na urina ou infecção na gestante;
  • Glicemia de jejum: avalia a possibilidade da gestante estar desenvolvendo diabetes gestacional.

 

Além desses exames básicos, podem ser solicitados no pré-natal os de sorologia, papanicolau e também outros exames complementares como:  

 

  • NIPT: coleta sanguínea para avaliar alteração  genética do bebê;
  • Sexagem fetal: exame feito para descobrir o sexo do bebê antes mesmo do ultrassom; 
  • Ecocardiograma fetal: para observar a saúde e formação do coração do bebê.

 

Agora que você já sabe quando iniciar o pré-natal, é hora de conhecer a Baby Concierge e ter o melhor acompanhamento durante a sua gravidez. Oferecemos um serviço de consultoria voltado para gestantes, com indicações de profissionais, produtos e atividades do nicho materno-infantil em um lugar só. Saiba mais! 

 

 

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Artigos Relacionados