fases do desenvolvimento infantil

Fases do Desenvolvimento Infantil — Como Estimular seu Filho na Idade Certa

A melhor forma de educar e estimular a criança é prestando atenção nas fases do desenvolvimento infantil. Entenda como funciona!

As fases do desenvolvimento infantil são um aspecto amplamente estudado por psicólogos e pedagogos. Apesar de não ser um conceito fechado e, muito menos, linear, é importante saber como os profissionais separam as etapas da infância para que seja mais fácil entender seu comportamento e, então, desenvolvê-las da forma mais adequada.

Um desses estudiosos é Jean Piaget, biólogo e psicólogo suíço, que criou uma das mais importantes teorias sobre o assunto. Continue lendo para entender os quatro estágios da criança!

Fases do desenvolvimento infantil de Piaget

Ao observar o comportamento de crianças durante anos, Jean Piaget chegou à conclusão de que elas se adaptam ao que aprendem por meio de quatro fases do desenvolvimento infantil. São elas:

1. Sensório-motor (0 a 2 anos)

O bebê usa bastante o contato físico e, por isso, gosta de colocar tudo na boca, pegar objetos, ou mesmo jogá-los no chão. Nessa etapa, é interessante introduzir brinquedos apropriados para isso, como mordedores e peças de montagem de diferentes formatos e cores — sempre com o cuidado para que elas não sejam pequenas demais.

Aqui, ele também começa a aprender a imitar, de modo que vale a pena fazer brincadeiras que o incentivem a copiar movimentos e sons. A partir daqui, é importante prestar atenção em como acompanhar a evolução da linguagem.

2. Pré-operacional (3 a 6 anos)

Nessa idade, a criança tem dificuldade em entender que nem tudo é sobre ela. É por isso que é comum que ela faça birra por coisas pequenas, como não poder brincar no momento em que ela quer. É preciso ter paciência e conversar com cuidado, explicando o motivo da situação ser assim e ensinando-a como agir.

Outra forma de fazer com que elas passem da fase egoísta é incentivando o contato com outras crianças. Assim, elas aprendem a compartilhar e a agir em sociedade.

3. Operacional concreto (7 a 12 anos)

Depois das duas primeiras fases do desenvolvimento infantil, a partir dos sete anos é possível perceber o uso do raciocínio lógico no dia a dia. Seus filhos já conseguirão entender, por exemplo, regras sociais, conceitos de certo e errado, bom e mau, entre outros.

É importante explicar, porém, que nem todas essas ideias são binárias e que se algo não for um, é necessariamente o outro. Também é interessante começar a trabalhar sua responsabilidade, delegando algumas tarefas importantes para ajudar em casa.

4. Operacional formal (12 em diante)

Por fim, o cérebro termina de se desenvolver ao chegar na puberdade. O pré-adolescente já consegue discernir entre situações e até mesmo formar alguns pensamentos mais críticos, com base em sua própria opinião.

Vale a pena incentivar que elas tenham sua autonomia e possam tomar algumas decisões. Aliás, estimule debates e leitura para que ela possa criar esse senso mais analítico.

Agora que já sabe as fases do desenvolvimento infantil, tenha em mente que é importante pensar na formação do seu filho a longo prazo. No Baby Concierge, temos profissionais colaboradores de diferentes áreas de atuação que vão ajudar em toda a primeira infância da criança!

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Artigos Relacionados