bebê

Meu bebê não dorme! Saiba como ter uma rotina do sono na família

Seu bebê não dorme direito? Estamos aqui para ajudar vocês a entenderem melhor algo tão “simples” que pode fazer toda diferença na rotina da família!

Vocês sabiam que uma boa noite de sono representa saúde e qualidade de vida?! Por isso, a psicóloga e consultora do sono Betina Haubrich nos explica a seguir por que a rotina e o bom sono são fundamentais para a vida do bebê e da família e quais os seus benefícios.

De acordo com Betina, quando nós dormimos bem, vivemos melhor! Com o sono em dia, certamente conseguimos ficar mais concentrados e com menor risco de desenvolver problemas de humor, de desatenção, além de problemas de saúde como obesidade, diabetes, entre outros.

Por isso, para essa semana, decidimos abordar por aqui o famoso tema “meu bebê não dorme”, que é tão importante e que certamente pode melhorar a qualidade de vida do bebê e da família toda.

Prefere assistir o conteúdo por vídeo? Confira essa opção ao final da página 😉

Sobre a psicóloga Betina

Graduada pela Universidade Feevale e consultora do sono materno e infantil formada pela Maternity & Parenting Institute, da Califórnia (EUA), e pelo Instituto Mãe, de São Paulo, atua como psicóloga clínica em seu consultório.

Por meio de consultas online ou presenciais, Betina realiza acompanhamento de bebês e crianças entre 0 a 4 anos de idade, elaborando um plano de sono personalizado, sempre respeitando as necessidades individuais de cada uma.

A consultoria do sono proporciona uma nova rotina de bons hábitos, garantindo o desenvolvimento saudável, além de boas noites para o bebê e família.

Seu bebê não dorme bem? Saiba a importância da rotina do sono

De antemão, a psicóloga e consultora nos explica que o benefício do bom sono é tanto para os bebês, quanto para os pais. Por isso, ao longo do texto e vídeo que você pode assistir logo abaixo, ela separou algumas dicas e pontos bem importantes para essa questão da rotina e do bom sono para vocês, leitores e assinantes Baby Concierge!

Seu bebê não dorme direito? Betina pontua que ter uma rotina é definitivamente o que traz mais segurança e tranquilidade para sua criança saber o que vai acontecer “depois”. Logo, é de suma importância que a partir dos 3 meses, os pais direcionem questões como os horários para dormir, para comer, sentar, brincar, o ritual de sono etc.

Tudo isso vai ajudar a estabilizar e tranquilizar essa criança. Pois no final das contas, não é a criança que vai determinar o horário de dormir, seremos nós! Isso porque muitas vezes ela não sabe o que fazer com o sono que esta sentindo. Ou seja, ela certamente precisa do adulto direcionando e ensinando a como dormir. 😉

Portanto, podemos concluir que o sono é uma habilidade aprendida! Assim como a gente ensina nossos filhos a caminhar e seguramos na mão deles para que aos poucos criem independência, com o sono é a mesma coisa!

Seu bebê não dorme direito? Veja como ter cuidados para ele dormir melhor

Entretanto, dentro dessa rotina é importante nós tomarmos alguns cuidados. De acordo com Betina, o primeiro ponto é respeitar as janelas de sono, ou seja, o tempo que a criança aguenta acordada. Ela explica que no inicio esse ciclo normalmente é bem curtinho, mas que aos poucos, na medida que a criança for crescendo, vai aumentando gradualmente.

Outro ponto é garantir que a criança tenha as necessidades supridas durante o dia, para que ela não precise a noite. Isso inclui a questão de alimentação, do afeto e inclusive o sono… Isso mesmo, é fundamental que a criança durma bem durante o dia (a quantidade necessária) para poder dormir bem a noite também! Assim como precisa se alimentar bem durante o dia para não precisar a noite, por exemplo.

Conheça os pontos que atrapalham o sono do seu bebê

No final das contas, entendemos que o dia certamente será consequência da noite. Ou seja, a rotina é o que traz a base. Porém, apesar de ela ser a base para fazermos esse direcionamento, não é só ela que vai garantir o bom sono! Pois a criança também vai precisar aprender a dormir, ok? 😉

Além da rotina e ensinamentos básicos, precisamos cuidar das associações negativas. A Dra. nos explica que muitas crianças aprendem a dormir sozinhas, independente da maneira que pegaram no sono. Mas já outras precisam do nosso direcionamento e atenção!

Betina nos deu o exemplo da criança que depende do “mama” pra pegar no sono e que pode precisar disso de madrugada (durante as trocas do ciclo de sono) para que consiga voltar a dormir. Além disso, existem outras associações como dormir no colo, depender do toque, dentre demais dependências específicas de cada uma.

Seu bebê não dorme profundamente? Pois saiba que além da rotina é importante construirmos um ambiente de sono adequado. Tanto a questão do berço, da iluminação (cuidar para se ter uma escuridão total), temperatura e os eletrônicos. Isso mesmo! Os eletrônicos precisam ser evitados com pelo menos 1 hora de antecedência antes de dormir, pois o nosso cérebro demora 1 hora para entender que é a hora de desligar e entrar no ciclo do sono.

Gostou do que leu? Pois saiba que cuidando desses pontos e direcionando e ensinando seu bebê as questões essenciais do sono, você certamente estará formando uma boa base para ele e toda sua família!

Quer mais conteúdo, além de descontos em marcas e profissionais renomados do mercado materno infantil? Clique agora mesmo no banner abaixo e assine nosso plano anual por apenas R$19,90/mês! Resumindo, somente R$238,80/ano!

Contato e outras informações:

Caso tenha mais alguma questão ou dúvida sobre a rotina do sono e/ou esteja enfrentando verdadeiras dificuldades para o seu bebê dormir, a psicóloga e consultora do sono Betina Haubrich se encontra sempre à disposição nas mídias sociais para solicitações por meio do Instagram ou Facebook do Baby Concierge.

Veja mais conteúdos incríveis do mundo materno-infantil em nosso blog ou, caso seja assinante, na área de conteúdos também!

E falando em conteúdos incríveis, indicamos um dos mais lidos dos últimos dias, sobre o processo de desfraldar. Com orientações da urologista pediátrica Rhaiana Gondim, o objetivo é desmistificar o desafio encarado por tantas famílias.

Assim como o sono, o processo e aprendizado de ir ao banheiro também deve ser levado com bastante cuidado e cautela para que a criança não desenvolva vícios e, consequentemente, se sinta cada vez mais segura. Clique aqui para ler mais!

Nós da equipe Baby Concierge esperamos que o conteúdo dessa semana tenha sido extremamente útil e informativo para ajudar a criar o melhor ambiente familiar possível!

Vocês sabem, mas vale sempre a pena reforçar que nosso maior interesse é o de fazer parte da sua rede de apoio durante todo o período de gestação e infância dos seus filhos!

Ah! Você também pode conferir o conteúdo sobre a tão temida questão, “meu bebê não dorme”, da profissional Betina, via vídeo. Veja abaixo:

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Artigos Relacionados